sexta-feira, 6 de março de 2009

Sociedade e suas máscaras !!!!

Nossa atual sociedade é um misto de hipocrisias, demagogias, verdades, mentiras, máscaras, enfim, um pouco de tudo em cada um de seus integrantes. Visto claro que, em milhões de pessoas é óbvio que teremos estilos, jeitos, maneiras, educações diversas. Aí também podemos incluir o velho bordão “o que seria do azul se todos gostassem do vermelho”.

Só que nesses últimos tempos, tenho observado mais, algumas reações e atitudes de várias pessoas. O que está acontecendo? Quais são hoje pra você os melhores “valores” para um cidadão? No papel, em e-mails lindíssimos que recbemos, com belas imagens, é fácil definir. Agora real mesmo. Pessoas comuns no seu cotidiano. O que será “valores” para essas pessoas. Para escrevermos ou falarmos é tão fácil. E porque será que não aplicamos isso na vida real. Repassamos isso a tantas pessoas por e-mail, em conversas, criticamos atitudes deste, daquele, mas porque não aplicamos em nossas vidas em primeiro lugar. Se tivermos o direito de cobrar isso de alguém, devemos no mínimo ter e aplicar os referidos valores.

Quem acompanha meu blog em posts anteriores leram um pouco da minha vida. Erros cometidos? Sim... Claro que sim. Afinal sou ser humano igual a você. Quem não os cometeu? Agora saber assumí-los e ter a responsabilidade de nunca criar desculpas, disso, daquilo, ou até mesmo várias vezes já notei que a culpabilidade vai para as costas de alguém para aliviar a sua carga. Não adianta... Pobre humano, não sabe que depende exatamente de assumir estes erros, levantar a cabeça e enfrentar os problemas. Resolvê-los, da melhor maneira possível, para que no mínimo vc tenha auto-confiança para poder seguir seu caminho de volta a felicidade, as vitórias e as conquistas.

Hoje é incrível como vejo algumas situações. Está muito bem colocado e respeitado um cargo do que uma profissão. Isso sinto na própria carne. Sendo um mototaxista na cidade, já vivenciei várias e várias vezes preconceitos por parte de inúmeras pessoas que se acham mais importantes que a gente por obterem um cargo qualquer em uma empresa qualquer de nossa cidade.

Procuro entender e encontrar os motivos que levam tais pessoas a cometerem tais atitudes e claro que a grande proporção de profissionais que temos nesta área são os responsáveis pela má fama. Infelizmente temos inúmeros integrantes nesta profissão que não deveríam estar nesse meio. Mas temos que saber distinguir bons e ruins profissionais. Em qualquer área do mercado existem bons e péssimos trabalhadores. Porque então generalizar e acreditar que todos são da mesma espécie. Existem vários colegas que conheço que são profissionais de execelente qualidade. Existem pessoas sérias trabalhando no ramo realmente em busca do seu sucesso profissional e estão conseguindo, assim como eu. Mas o que nos deixa chateados é que não somos reconhecidos pela maioria das pessoas, pois na verdade hoje se vale mais o cargo que temos do que quanto ganhamos.

Também me preocupa muito o fato da grande maioria das pessoas ostentarem posições sociais que não as possuem. Interessante esse fato, pois conheço tanta gente que não tem como pagar as contas no fim do mês, mas para estarem nas festas, nos bares, generalizando, na noite, durante a semana, com toda a pompa que se manifestam, que chegam a impressionar aos olhos de desconhecidos. Se soubessem ou imaginassem que na maioria das vezes estão como diria meu amado avô, sem um tostão furado no bolso... Mas isso não conta, pois pra demagogia geral que estamos vivenciando no presente, o importante é o “TER” e não o “SER”... Ter o quê? Ah, claro esqueci... os cargos... ou posições. Mas ser auto suficiente mesmo, não depender da ajuda financeira de pai ou mãe, isso sim, estão longe de alcançar.

Mas contudo isso chego as vezes a ficar chateado, enquanto o mundo dá voltas. Mas como ele dá voltas, um dia veremos sentados na sombra e com água fresca o final desta história. Quando chegarmos ao ponto de podermos descansar e aproveitar o que tantos e tantos anos de batalha e trabalho tivemos para atingirmos objetivos importantes, ainda não faltaram hipócritas para perguntarem aos outros: - Mas de quê jeito ele conseguiu isso? Não foi só do trabalho dele né!!!! Hehehe... É incrível, mas isso aconteçe todos os dias.

Desculpem novamente pelo post longo, já me pediram e avisaram para escrever menos, mas estou tentando ainda aprender. Um grande abraço tchê!!

2 comentários:

EU disse...

As mascaras caem meu bruxo..levam tempo mas elas caem.

Jaqueline disse...

Fé em Deus e pé na táboa, primuxo...
as máscaras caem, e fica só a essência, esta é inalienável...